julho 24, 2009

Sun(ny)day

Passou tanto tempo; tanto tempo... A rocha pode consolidar, mas nunca deixa de ser um amontoado de sedimentos. Se agora foi da forma que foi, apenas teoricamente, eu espero para ver na prática. Sabia ao mar; a que irá saber? Deixa-te ouvir. Ouve que tenho saudades de tudo o que és tu, que quero abraçar o teu corpo, sentir a tua alma.

3 comentários:

Ape disse...

reencontros..é assim que vai ser a minha próxima semana. por isso acho que te percebo :)

AnaLuísa disse...

o teu blogue está cada vez melhor. as tuas palavras sabem bem. *

MinnieSophie disse...

estive a ler alguns textos teus e gostei :)